EX MACHINA E A DÚVIDA EXISTENCIAL HUMANA





Antes de falar do filme vamos à algumas lições linguísticas. Elas são importante para mostra a intenção de quem escreveu aquela história.

Ex Machina significa máquina em latim. Um título em latim talvez tenha a intenção de mostrar algo incomum. Neste caso o algo especial é uma maquina que pensa. Deus Ex Machina é o clímax de uma tragédia grega na qual os Deuses descem à terra para resolver todos os problemas humanos.

Caleb é um nome que tem origem em duas palavras hebraicas e cujo significa é algo como: "de coração inteiro". Nathan também tem origem hebraica e o significado é: "dado por Deus" e Ava, o nome da máquina do filme, é um variação do nome igualmente hebraico Eva, que significa: "vida" ou "aquela que vive".





Este é um daqueles filme ao estilo Frankenstein ou Edward Mãos de Tesoura, no qual alguém quer brincar de ser Deus e invariavelmente o resultado é catastrófico. Ele tem início com Caleb ganhando um emprego temporário no qual ele participará de um teste para saber se uma máquina, em forma de mulher, tem auto consciência, sendo possível classificá-la como uma "inteligência artificial". Ele então vai passar uma semana em uma instalação científica onde mora Nathan, o cientista que inventou AVA.

O cientista, apesar de fazer Caleb sentir-se à vontade, exige que ele assine um termo de confidencialidade. Nada do que ele presenciar ali pode ser divulgado para absolutamente ninguém. Ele então tem de entrar "de coração inteiro" na brincadeira de saber se uma máquina pensa.

Ai então começam os testes, nos quais Caleb (de todo coração) passa a entrevistar Ava(aquela que está viva) para saber até que ponto ela pode ser classificada com um ser inteligente e auto consciente. A partir de certo momento Ava vira o jogo e passa a fazer Caleb falar sobre si mesmo.


Tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono, e no monte da congregação me assentarei, aos lados do norte.
Subirei sobre as alturas das nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo.
Isaías 14:13,14
Ela o seduz e Nathan fala para ele que ela foi projetada até para sentir prazer sexual. Interessante que Caleb, com toda sua esperteza, não nota que a mulher com que Nathan vive também é um robô.



Interessante que em alguns momentos, Caleb é que parece está sendo testado. Só não sabe por quem. E os testes feitos com ele são típicos de sessão de tortura, feitas para que ele fique com medo e perca os sentidos das coisas. Nestas experiencias ele acaba desconfiando de si próprio: "será se eu também sou uma máquina?" Ele inclusive corta o braço com um pedaço de vidro para ter certeza.

Enfim Caleb planeja fugir com Ava. O que ele não sabe é que ele não está nos planos dela que o deixa preso na casa na rocha.

O ser humano sempre teve o sonhos de ser igual a Deus, e aquilo que o diferencia do criador do universo é que somente Deus pode criar e tirar a vida. Por mais que Ava possa parecer um ser humano, ela sempre será apenas aquilo que é o significado da palavra Robô, ou seja, uma escrava. Programa nenhum de qualquer tipo de máquina é capaz de fazê-la tomar decisões consciente. E muito menos ter sentimentos como misericórdia, amor, ou mesmo inveja. Ela pode ser no máximo um simulacro, uma imitação da vida.

Entretanto o simples fato de o homem fazer este tipo de experiência científica sempre trará consequências trágicas. Por mais que ele o faça de todo o coração.

A vida só pode ser definida pelo significado do nome Nathan: "dado por Deus". Qualquer outra experiência que o ser humano tentar, que não leve isto em conta, sempre acabará em sua própria destruição.







Comentários

Qual seu grande projeto?

Qual seu grande projeto?

Postagens mais visitadas