MUÇULMANOS ENSINANDO SEUS FILHOS A SEREM TERRORISTAS





Nestes tempos de Olimpíadas, as quais ocorre em um país onde nada dá certo, fico me perguntando se a delegação de Israel vai permitir acontecer novamente o Massacre de seus atletas, como ocorreu em Munique, na Alemanha, em 1972.

Naquele ano 11 atletas israelenses foram assassinados por terroristas muçulmanos liderados por Yasser Arafat, o pai do povo Palestino e do terrorismo muçulmano moderno.

Neste pequeno vídeo você pode perceber como o ódio contra Israel é instigado nas crianças muçulmanas desde a mais tenra idade.

O pai palestino joga o próprio filho na frente de uma tropa de soldados israelenses, que estão ali defendendo seu país contra o terror muçulmano.  Os soldados baixam suas armas  e permite o garoto chegar até eles. O terrorista desafia os soldados a atirarem no menino.

Quando o garoto está perto da tropa o pai o incita a jogar pedras nos soldados.

E assim vai se criando mais um terrorista do mundo, o qual gente como Arlene Clemesha adora defender, sempre com a ladainha de que não é questão religiosa.




Comentários

VOLTE SEMPRE

VOLTE SEMPRE

Postagens mais visitadas deste blog

CARTA ABERTA A VITOR RODRIGUES FERRULIA

BITCOIN (MOEDA DIGITAL) - FAZENDO AS PERGUNTAS CORRETAS

CIDADE DE CHICAGO USARÁ A BLOCKCHAIN PARA REGISTRO DE IMÓVEIS