OS VINGADORES




“Mas enquanto houver força em meu peito eu não quero mais nada. Só vingança, vingança, vingança aos santos clamar”  
 Vingança – Adriana Calcanhoto

Eram oito horas da noite, quando Lincoln, Vinicius e Victor Dorsey Junior chegaram ao número vinte e cinco da Summer Street em Brockton. A pequena casa parecia abandonada há algum tempo. Os rapazes desceram do carro e cada um pegou uma parte dos itens que trouxeram. Vinny pegou os edredons e cobertas, Victor pegou as pizzas e Lincoln os refrigerantes, copos e pratos descartáveis. Victor pediu as chaves da casa a Lincoln e exigiu entrar primeiro:

- Ninguém sabe o que pode ter ai dentro.

- Eu sou do seu tamanho, Vic.

- Mas eu sou seu irmão mais velho. O Big Brother aqui sou eu e na ausência do pai vocês têm que me obedecer. Combinado assim?

Salmos 5:6 Destróis os mentirosos;
os assassinos e os traiçoeiros o Senhor detesta.
O Poderoso Chefão
Lincoln entregou as chaves da porta ao irmão e falou entre deboche e orgulho do irmão protetor:

- Tudo bem. Oh! Poderoso chefão do clã Dorsey. Você pode entrar primeiro.

A casa estava empoeirada, mas com tudo funcionando. Os rapazes colocaram os refrigerantes na geladeira e as pizzas no forno enquanto limpavam a casa. Levaram os edredons para o quarto que foi de Lincoln e, ao abrirem o armário, perceberam que não havia necessidade de trazer tudo aquilo.


- E ai, Link. Como é a sensação de voltar aqui depois de tanto tempo?

- Agora que Brian Holts não significa nada para mim, isto é só uma casa vazia. Em outro tempo eu colocaria fogo em tudo.




O DOADOR DE MEMÓRIAS


- Você não acha estranho uma casa tão pequena em um terreno tão grande?

- Aquele velho era doido. Nada do que ele fazia, tinha sentido.

Os rapazes ligaram a TV. O canal em que estava sintonizada estava passando Os Waltons. Vinny mudou o canal, mas Victor pediu para voltar.

- O pai sempre falava desse programa quando morava no Brasil. Acho que o pai queria ser escritor, como o John Boy Walton.

Os três comeram as pizzas com Mountain Dew. Lincoln lembrou que, quando seu pai descobriu que Mountain Dew significa orvalho da montanha, sempre se referia ao refrigerante pelo nome em português.

- Esta família é bem exótica. – comentou Vinny – um pai loiro de olho azul, dois irmãos gêmeos, sendo um bem maior que o outro e um tem o olho castanho enquanto o do outro é verde. Outro irmão que, mesmo sendo da altura de um dos outros, é moreno de olho verde e uma irmã loira que nasceu de uma mãe morena.

- Pelos menos ninguém vai poder dizer que somos supremacistas brancos.



Link como sempre ria quando fazia suas observações debochadas.   Victor, um tanto sério, também comentou:

- Não se preocupe que alguém vai encontrar um rótulo para nós.

- Que tal os vingadores? – Link continuou com seu deboche – Eu sou o Hulk. Muito da hora a porrada que ele dá no Thor e a surra que ele dá no Loki.

Não se desviem, para seguir ídolos inúteis, que de nada valem nem podem livrá-los, pois são inúteis.  1 Samuel 12:21
Os Vingadores


A gargalhada foi geral quando ele disse aquilo. Victor então, um tanto ansioso, perguntou:

- Bem, rapazes. Agora que estamos alimentados que tal tentar desvendar os segredos do sonhador?

- Só se for agora – Vinny e Lincoln tinham a estranha mania de falar a mesma coisa ao mesmo tempo.

- Vamos logo ao quarto daquele velho louco. – Lincoln se recusava a falar de Brian Holts com algum respeito.

Quando chegaram ao quarto Lincoln notou que estava menor e notou também uma espécie de alarme que tinha ao lado da cama.

- Parece que este quarto encolheu. O alarme da casa sempre foi na cozinha. Não tem por que ter outro aqui.

- Veja se tem como digitar seu nome aí.

- Tem sim, Vic. Mas não acontece nada.

- Você não falou que era o nome ao contrário. – Lembrou Vinny.



Contudo, ele deu ordens às nuvens e abriu as portas dos céus Salmos 78:23 


Os três ficaram espantados quando a parede se abriu, como se alguém tivesse dito abre-te sésamo, revelando um elevador.

- Você tem certeza de que nunca soube da existência desse elevador, Link?

Vinicius Dorsey estava realmente surpreso quando fez aquela pergunta.

- Isto não existia quando eu morava aqui. O quarto era bem maior.

- Então, alguém de outro mundo está querendo mostrar algo para você.

- E então, Dom Vito Corleone Dorsey, vamos todos juntos ou você vai insistir para ir primeiro?

- Tudo bem, engraçadinho. Vamos juntos.

Mesmo estando naquele lugar por causa de um sonho, nada poderia preparar os rapazes para o que encontraram embaixo. O lugar cabia umas cinquenta pessoas confortavelmente. Tinha vários computadores e aparelhos estranhos. Uma área para prática de tiro ao alvo com várias armas e munição. Um estoque de alimentos que daria facilmente para toda a família viver por muitos anos lá embaixo. E uma cozinha completa, sendo que todos os aparelhos eram extremamente novos. Pelo jeito Brian Holts estava se preparando para uma grande catástrofe quando montou tudo aquilo. O ar era perfeitamente respirável e havia também alojamentos com camas e cobertas.

Mas agora, por um breve momento, o Senhor, o nosso Deus, foi misericordioso, deixando-nos um remanescente e dando-nos um lugar seguro em seu santuário, e dessa maneira o nosso Deus ilumina os nossos olhos e nos dá um pequeno alívio em nossa escravidão.  Esdras 9:8
O Exterminador Do Futuro 3 




- Eu não entendo como posso ter sonhado com este lugar?

- Eu não entendo como posso ter entrado nesta família por causa de alguns jogos de basquete. Então eu acho que Deus nos trouxe a este lugar.

- É isto aí Victor Dorsey Junior.

Os três rapazes ficaram em estado de choque, quando viraram e viram um garoto aparentando a idade deles.

- Não tenham medo, rapazes. Eu estou aqui para ajudá-los.

O garoto tinha uma aparência bem amigável e sua voz era tranquila. Seus cabelos eram encaracolados e tinha uma cor estranha. Mistura de dourado com preto. Sua pele era parda e era mais ou menos do tamanho de Vinny. Estava vestido com uma calça Jean e uma camiseta bem nova escrito A7X.

- Quem é você? – Victor perguntou tentando colocar alguma autoridade na voz.

Digamos que sou um amigo de longa data. Mas, dos três, o que pode lembrar melhor de mim é o Lincoln. Nós nos conhecemos em um banheiro.

- Angel?

- Sim, Lincoln. Como você disse no dia seguinte, eu sou seu anjo.

Os homens comeram o pão dos anjos; enviou-lhes comida à vontade. Salmos 78:25 
X-MEN

- Mas você parecia bem mais velho naquele dia.

- Eu apenas tomei a aparência de outra pessoa.

- Então você mentiu para mim. Você disse que Deus mandou você do Brasil para falar comigo.

Victor e Vinny não conseguiam esboçar nenhuma reação ao verem o irmão conversando com alguém que apareceu do nada.

- Menti não, amigão. Eu falei que estava ali ajudando alguém que iria voltar ao Brasil. Você não estava bem. Eu lhe mostrei inclusive uma imagem das torres antes de serem construídas e um texto da bíblia. Só que você pensou que foi um sonho.

- Então você é um anjo de verdade?

- O que você esperava Victor? Um sujeito de três metros de altura com um par de asas enormes e uma espada de fogo na mão?

Lucas 1:28 E, entrando o anjo onde ela estava, disse:
 Salve, agraciada; o Senhor é contigo; bendita és tu entre as mulheres.
A Anunciação - El Greco

- Eu me borraria todo se você fosse assim. Eu tenho a impressão que já vi uma camiseta destas.

- Você estava vestindo uma igual, no dia em que foi morar com Victor Almeida. Acho que eu fiz um bom trabalho juntando vocês três nesta família.

- Ué. Como assim? Vinny estava incrédulo com aquela afirmação.

- Ora Vinicius. Você trabalhou por dois anos com seu pai antes de ele conhecer o Lincoln, e nem por isto ele o levou para morar em sua casa. Por isto eu levei os dois àquela igreja, naquela noite de natal. Minha missão especial de fim de ano. O que vocês acham de sentar?

Mesmo tudo aquilo parecendo loucura, não tinha como os garotos Dorsey negarem o que estava acontecendo. Os quatro pegaram uma cadeira cada um e sentaram perto uns dos outros.  Victor, o irmão protetor, continuou as perguntas tentando entender aquilo.

- Você disse que juntou nossa família. Então nós não temos vontade própria?

- Claro que têm. Eu apenas coloquei as pessoas certas nos lugares certos. Se, em vez do Lincoln, fosse qualquer outra pessoa naquele banco de igreja nada teria acontecido. Quem me mandou naquela missão tinha plena consciência das características psicológicas de cada um de vocês.

- E por que tudo isto aconteceu? Por que você nos juntou?

- Primeiro porque vocês tinham o direito de serem felizes uns com os outros. Segundo para que vocês viessem a este lugar serem treinados para a missão que receberão.

- Olha Angel. Naquela noite no hospital você realmente me trouxe paz. Mas por que eu devo acreditar que tenho uma missão?

- Todos os verdadeiros filhos de Deus têm Lincoln. Todos nós somos soldados em uma guerra que teve início quando Lúcifer foi expulso do céu. Seus pais, por exemplo, cumpriram muito bem a missão deles e agora estão recebendo a recompensa. Ter um ao outro e aos filhos é algo que vocês não podem imaginar o quanto os deixam felizes.

- E que missão é esta que você tem para nós? – Fique calmo Vinicius. Você está parecendo seu irmão Lincoln quando seu pai mostrou a casa a ele.

- Você há de convir que esse negócio de missão pode resultar em gente morta.

- E por que você acha que eu estou aqui? Você não acha que eu iria deixar aquele sujeito matar você. Acha?

- Você estava lá? E por que não fez nada?

- Por que você necessitava aprender a defender-se. Além do mais eu dei um jeito para que a arma dele não funcionasse.

- Então Deus aprovou o fato de eu matar uma pessoa?

- A primeira coisa que os discípulos do Senhor Jesus fizeram quando receberam o poder dele foi matar duas pessoas.

- E qual é esta missão que você está falando?

- Vocês vivem em um mundo que estar entregue ao poder das trevas. A missão de vocês é expor as mentiras de homens maus para a humanidade. E as consequências de acreditarem nelas.

Parecendo estar mais calmo Vinny perguntou:

- como faremos isto?

- Enquanto os pais de vocês estiverem viajando, vocês devem vir aqui diariamente em suas horas de folga. Eu os ensinarei a interpretar as atividades humanas e o que fazer com o que descobrirem. O sistema que existe aqui embaixo é completamente seguro e ninguém nunca descobrirá o que vocês fizerem.

-E o que faremos agora?

- Agora Victor. Vocês vão dormir porque amanhã temos um encontro marcado. Eu vou dar uma saída, pois ainda tenho algumas coisas para fazer. A paz do senhor Jesus vai estar sempre com vocês.

Angel sumir na frente deles foi muito mais surpreendente do que o modo como ele apareceu. Ainda incrédulos os rapazes decidiram subir para a casa. Victor sugeriu fazerem uma oração e então foram dormir.

Vigésimo quinto capítulo do romance NA PRESENÇA DOS MEUS INIMIGOS
Catalogação NA FUNDAÇÃO BIBLIOTECA NACIONAL
NA PRESENÇA DOS MEUS INIMIGOS – AS CRÔNICAS DE VICTOR
DORSEY / VICTOR DORSEY
NÚMERO DE REGISTRO: 595.801 LIVRO: 1.140 FOLHA 325
Nenhuma parte deste romance poderá ser reproduzida ou copiada, constituindo infringimento da lei de copyright.

Comentários

VOLTE SEMPRE

VOLTE SEMPRE

Postagens mais visitadas deste blog

CARTA ABERTA A VITOR RODRIGUES FERRULIA

BITCOIN (MOEDA DIGITAL) - FAZENDO AS PERGUNTAS CORRETAS

CIDADE DE CHICAGO USARÁ A BLOCKCHAIN PARA REGISTRO DE IMÓVEIS