GABRIEL O PENSADOR X GUIDO MANTEGA - ATITUDES QUE PODEM MUDAR O BRASIL!


"Eu estou sem dormir há 12 horas, eu já matei 2 desde a meia noite. Então eu aconselho que você tenha um pouco mais de medo de mim do que você está agora." - Jack Bauer (Kiefer Sutherland) - 24 Horas.



Sim, é estranho um país no qual alguém ser honesto e devolver o que lhe pertece é um ato extraordinário. Infelizmente, este é o Brasil e é o real motivo pelo qual estamos no atoleiro. 

O povo brasileiro está condicionado mentalmente a apoiar o erro e a recriminar pessoas de bem. Lembrai-vos de Neymar Jr na Olimpíada e pense em quantas vezes o juiz Sergio Moro citou o nome dele. Nada justifica a irritante campanha contra ele nas várias redes sociais.

Arnold Schwarzenegger (left) and Neymar formed an unlikely duo in Barcelona on Friday

Vamos então a duas atitudes que podem mudar por completo o modo como o povo brasileiro age. A primeira delas vem da Polícia Federal ao prender Guido Mantega. Não está em casa ou no trabalho? Não tem problema: "o artista tem de ir aonde o povo está!". Prendam-no então naquele esconderijo de bandidos ricos chamado Albert Einstein ou em seu congenere Sírio Libanês.
Guido Mantega é hostilizado no Hospital Albert Einstein

A esposa dele está sendo operada de cancer? Ou é ele que está em estado de coma? Façam com Jack Bauer, enfia o raio de uma pistola na cara do médico e diga que vai estourar os miolos dele se ele não der um jeito de acordar o paciente para uma conversa amigável.

Quando estes lugares passarem a ser mais frequentados pela Polícia Federal, os ricões que se tratam lá, vão exigir que pessoas com má fama não sejam atendidas ali. 

A outra atitude, esta sim digna de uma medalha de Honra ao Mérito, vem do cantor Gabriel, O Pensador, do qual conheço apenas e tão somente a Loira Burra. Principalmente minha frase predileta: loira burra você é só uma mulher objeto.

Pois bem, ao saber da edificante história do catador de lixo que devolveu os dólares que não lhe pertenciam, Gabriel fez uma vaquinha entre os amigos e doou a ele a quantia de R$ 10.000,00. Obviamente que os inimigos do que é bom vão dizer: mas ele só deu o que estava sobrando.

Ninguém dá o que não tem. O rapaz que devolveu o dinheiro, não entregou um centavo sequer a mais do que o que ele achou. Aquele rapaz sim não tem condição alguma de fazer caridade. E vejam que interessante. Após receber a recompensa, o rapaz disse que iria doar uma parte para sua mãe. Ele não tinha condições de ajudar nem aquela que lhe pôs no mundo.

O exemplo então do Gabriel, deve ser apresentado ao povo sobre o que é a verdadeira caridade. Não é doar Sítios e Triplex para amigos presidentes. É ajudar o pobre. É ir nos orfanatos e ajudar as viúvas.

Quem sabe vendo a repercussão do fato outros "Ricos e Famosos" comecem a fazer o mesmo e em breve nosso país comece a perceber que o barato mesmo é ser bacana. Não ser bandido e depois ficar chorando por não ter como ter roubado a maçã do Adão para comer.

Comentários

Postagens mais visitadas