ESCOLA INVADIDA? CORTEM A LUZ E A ÁGUA!





Se a dancinha acima não foi promovida pelo Movimento Gay, então não faço ideia de quem possa ter promovido.



Impossível para alguém viciado em cinema não fazer referência a filmes em qualquer situação. A nova modinha no Brasil, à qual os governos federal, estadual e municipal parecem estar indefesos, é a ocupação de escolas públicas por meia dúzia de adolescentes remelentos.


É necessário que se diga que estes acontecimentos nada têm a ver com escolas ou com falta de qualquer coisa que prejudique estudantes. Por mais que o governo Temer seja ilegítimo, e é, o simples fato de ele destinar  R$ 702,5 milhões para o FIES já mostra que não existe má vontade do Presidente em relação à educação.



Quem quiser saber quem está por trás deste terrorismo juvenil, basta lembrar do saudoso Odorico Paraguaçu (Paulo Gracindo), da primeira novela a cores da tv brasileira: O Bem Amado.




Sim agora que os comunistas perderam várias eleições para prefeito, eles voltarão a fazer o que sabem melhor: usar cabeças cheias de maconha e falta de educação paterna para ocupar isto, ocupar aquilo, enquanto vão na contramão, atrapalhando o trafego. 


E é ai que entra a referência a um filme sensacional chamado O Negociador. Um filme cheio de chantagem, terrorismo, e tudo que pessoas inescrupulosas, como os comunistas brasileiros conseguem fazer. 



E a cena mais tensa do filme acontece quando o policial Danny Rodman (Samuel L Jackson), acusado injustamente de roubar o dinheiro de seus colegas sequestra a delegacia de polícia na qual trabalha. Em um momento os verdadeiros culpados invadem o local tentando matá-lo e num ato de desespero ele finge que mata um dos invasores. E o que o negociador (Kevin Spacey) faz numa situação na qual ele não faz ideia de quem esteja mentindo ou falando a verdade? Manda cortar a luz do prédio. Isto obviamente obriga Danny a chamá-lo para negociar.




Eis então uma solução simples e barata para qualquer escola invadida. Não vai ser necessário chamar polícia ou qualquer outra autoridade. Basta cortar a luz e a água dos prédios invadidos. Vai chegar um momento em que os almofadinhas mimizentos cansarão de usar um banheiro todo cagado e sairão voluntariamente.

Comentários

VOLTE SEMPRE

VOLTE SEMPRE

Postagens mais visitadas deste blog

CARTA ABERTA A VITOR RODRIGUES FERRULIA

BITCOIN (MOEDA DIGITAL) - FAZENDO AS PERGUNTAS CORRETAS

CIDADE DE CHICAGO USARÁ A BLOCKCHAIN PARA REGISTRO DE IMÓVEIS