MICHELANGELO X PAULO FREIRE - O APÓSTROFO DA IMBECILIDADE


No Brasil é necessário explicar, desenhar, explicar o desenho e desenhar a explicação. - Olavo de Carvalho


Confesso que fiquei inclinado a crer que foi uma gozação. Alguém foi lá e escreveu algumas besteiras, tirou foto e colocou no FACEBOOK, para todo mundo ficar com raiva do suposto sábio Paulo Freire. Suposto coisa alguma, o educador do PT fabricou mesmo o maior número de dementes que o Brasil já viu. Então é possível sim que tenha sido uma pergunta em alguma prova escolar.

Vou então detalhar tudo o que está escrito neste pedaço de papel, para medir o tamanho da asneira escrita. Vamos por partes então, como diria o açougueiro. 

Primeiro a definição de demente para você ter certeza do que exatamente estou chamando a criatura irracional.
Demente
Por Leonardo G. em 2007-12-13
Pessoa idiota, imbecil, estúpida, enfim, demente !
Marcou os volantes da loteria, acertou os números mas não tinha pago a aposta : que cara demente !!!


Agora respondendo a pergunta sobre qual a função do apostrofo, para que não fique dúvida nenhuma de que a besta humana é realmente um demente:
Apóstrofo
Por Dicionário inFormal em 2012-05-27
É um sinal de pontuação que tem como função indicar a supressão de letras numa palavra.
Copo d'água

Esclareçamos também quem eram os amigos de Jesus:
Apóstolos
Por Dicionário inFormal em 2015-04-07
Aquele que segue.
Jesus tinha doze apóstolos.


Nada como detalhar também o que foi a jantinha. A qual em nenhum lugar da Bíblia está escrito ter sido durante a noite.

Ora, antes da festa da páscoa, sabendo Jesus que já era chegada a sua hora de passar deste mundo para o Pai, como havia amado os seus, que estavam no mundo, amou-os até o fim.
E, acabada a ceia, tendo já o diabo posto no coração de Judas Iscariotes, filho de Simão, que o traísse,
Jesus, sabendo que o Pai tinha depositado nas suas mãos todas as coisas, e que havia saído de Deus e ia para Deus,
Levantou-se da ceia, tirou as vestes, e, tomando uma toalha, cingiu-se (amarrou a toalha em si mesmo).
Depois deitou água numa bacia, e começou a lavar os pés aos discípulos, e a enxugar-lhos com a toalha com que estava cingido.
Aproximou-se, pois, de Simão Pedro, que lhe disse: Senhor, tu lavas-me os pés a mim?
Respondeu Jesus, e disse-lhe: O que eu faço não o sabes tu agora, mas tu o saberás depois.
Disse-lhe Pedro: Nunca me lavarás os pés. Respondeu-lhe Jesus: Se eu te não lavar, não tens parte comigo.
Disse-lhe Simão Pedro: Senhor, não só os meus pés, mas também as mãos e a cabeça.
João 13:1-9

Vejamos agora quem foi Michelangelo, que o asno afirma ter fotografado a jantinha:

Michelangelo di Lodovico Buonarroti Simoni


Michelangelo di Lodovico Buonarroti Simoni (Caprese, 6 de Março de 1475 — Roma, 18 de Fevereiro de 1564), mais conhecido simplesmente como Michelangelo, foi um pintor, escultor, poeta e arquiteto italiano, considerado um dos maiores criadores da história da arte do ocidente. É considerado um dos maiores artistas de todos os tempos.

Como se vê, Michelangelo nasceu 1450 anos depois da jantinha, com margem de erro de 5 anos para mais ou para menos, de acordo com o DataFolha. Logo ele não pode ter fotografado a citada janta.

Quem então tem alguma coisa a ver com a mesma?


A Última Ceia - Pintura de Leonardo da Vinci
A Última Ceia (em italiano L'Ultima Cena e também Il Cenacolo) é um afresco de Leonardo da Vinci para a igreja de seu protetor, o Duque Lodovico Sforza. Representa a cena da última ceia de Jesus com os apóstolos, antes de ser preso e crucificado como descreve a Bíblia. É um dos maiores bens conhecidos e estimados do mundo.

A data na qual a jantinha foi pintada por Leonardo da Vinci é mais ou menos 1495-1498. Logo ele também não esteve presente durante o evento. É tudo fruto de sua arte.

E por último vejamos algo sobre fotografia. 

Fotografia (do grego φως [fós] ("luz"), e γραφις [grafis] ("estilo", "pincel") ou γραφη grafê, e significa "desenhar com luz e contraste"[1]), por definição,[2] é essencialmente a técnica de criação de imagens por meio de exposição luminosa, fixando-as em uma superfície sensível.[3] A primeira fotografia reconhecida remonta ao ano de 1826 e é atribuída ao francês Joseph Nicéphore Niépce.

Então como se vê é impossível Michelangelo, ou mesmo Leonardo da Vinci ter fotografado a tal janta que, como eu disse no início, não está escrito em lugar algum que foi à noite. Eles nasceram muitos séculos antes da invenção da fotografia e muitos mais séculos depois da jantinha.


Paulo Freire - O Pai da Besta Quadrada
Sendo assim só pode mesmo ter sido um discípulo de Paulo Freire, quem respondeu à pergunta dos apóstrofos.





Comentários

Postagens mais visitadas