BITCOIN #BÁSICO - P2P



Se você caiu de gaiato neste blog notará que ele tem o claro objetivo de falar exclusivamente da Moeda Digital chamada Bitcoin. Mesmo havendo muitas outras, a primeira e única criptomoeda merece toda a atenção deste blogueiro.

Neste artigo vou explorar o conceito de P2P (Peer to Peer) usado no código fonte do Bitcoin. O objetivo primeiro e único da tecnologia Ponto a Ponto é a chamada descentralização. Vamos por parte, como diria o açougueiro, para que você entenda claramente o conceito.
O intermediário em vermelho representa o banco, financeira ou agiota. Um dos bonecos brancos representa você e o outro representa o supermercadol

Suponhamos que você vá ao supermercado comprar bananas. Ao passar pelo caixa você entrega a ele um cartão de crédito ou débito, o qual é introduzido em uma máquina. Você digita sua senha e o crédito ou débito é aprovado de acordo com sua situação financeira. Aparentemente seu dinheiro está passando daquele cartão para a conta do supermercado. Isto é uma grande ilusão. Naquele instante o supermercado irá consultar uma instituição financeira chamada banco, no qual você tem uma conta. Este banco é chamado de intermediário. Ele vai intermediar uma transação financeira entre você e o supermercado. Isto chama-se centralização.

Transferência de Bitcoins Ponto a Ponto

Imagine agora que você e o dono do supermercado, após lerem este blog, decidam usar a tecnologia Bitcoin. Ao chegar ao caixa você sacará seu celular, irá escanear um código na máquina do caixa, digitar sua senha se o aplicativo não estiver automaticamente aberto e transferir os Bitcoins direto de sua conta para a do supermercado. Neste caso, o dinheiro depositado não está em algum banco. Ele está dentro do seu celular e não tem intermediário algum. A transação foi feita de um Ponto (seu celular) diretamente para outro Ponto (a máquina do supermercado).

Que vantagem você tem utilizando um dinheiro que não passa de um arquivo digital em um celular?

1 - Você não precisará da aprovação de um terceiro envolvido na transação.
2 - Você não precisará pagar nenhuma taxa ao terceiro inexistente.
3 - Você só pagará algum imposto se o você ou o supermercado quiserem.

Um exemplo claro de decentralização: quando você baixa um filme ou música via torrent. 


Comentários

Postagens mais visitadas