#BITCOIN E O MURO DO TRUMP NA FRONTEIRA DO MÉXICO

"E estou me agarrando à esperança de que Donald Trump Será um bom presidente. Ele não pode não ser. O que eu vejo é um cara que não perderá." - Morgan Freeman



Quando se fala do Muro do Trump, a impressão que dá é que a terceira guerra mundial está sendo preparada. Pouco importa se o México fez um muro separando-se da Guatemala, ou que o México é um dos países que mais contrabandeia drogas para os Estados Unidos.

Entretanto não é sobre o muro em si que quero falar aqui. É nas consequências de o Presidente do México não pagar o muro, como Donald Trump prometeu que ele faria.

Para início de conversa é necessário que se saiba que os mexicanos necessitam mais dos Estados Unidos do que o contrário. Neste momento existem 11,7 milhões de mexicanos morando nos Estados Unidos, isto é 28% dos não americanos que vivem por lá. Enquanto isto no máximo 1 milhão de americanos vivem no México. Sim, existem americanos no méxico. 

O que Donald Trump poderia fazer, então, para obrigar o Presidente Enrique Peña Neto a pagar a conta do muro? Esqueça a possibilidade de ele deportar todos os imigrantes ilegais que sejam do méxico. Eu morei 4 anos ilegalmente nos EUA, num período em que se falava muito mais em deportação. A política americana não suportaria o povo americano indo pra rua protestar contra tal ação.

A ação mais concreta e eficaz que ele pode fazer é colocar um imposto tão alto, no envio de dólares para o México, que a vida das pessoas que sustentam suas famílias se tornariam insustentável. Dificultar a vida dos mexicanos que vivem nos Estados Unidos é uma das principais armas que o governo americano pode fazer contra o país vizinho.

E o que isto tem a ver com o Bitcoin? A moeda digital inventada por Satoshi Nakamoto não leva a sério qualquer ameaça feita por Donald Trump, ou qualquer outro governante mundial. Em nenhum lugar do protocolo Bitcoin existe uma linha sequer, que o faça seguir regras governamentais. Enquanto houver um Smartphone ou notebook ou qualquer outro aparelho com um Sistema Operacional, impedir a existência ou o uso do Bitcoin, como uma plataforma de envio de valor é algo impossível.

Caso o presidente americano decida impedir o envio de dólares para o México, ele estará decretando o aumento do valor do Bitcoin naquele país e consequentemente no restante do mundo. O valor do Bitcoin reside exatamente na necessidade e na facilidade do envio dele para qualquer parte do mundo. Tanto é assim, que o país que mais negocia com Bitcoins é a China, onde coisas como liberdade não existem.

O Bitcoin não é somente a moeda da resistência. Ela é a moeda dos desesperados que tentam sobreviver à opressão. Quanto mais algum governo tentar dificultar a vida do povo, mais o povo se verá compelido a negociar com ele. Vide Venezuela, India, Vietnam, Africa e outros lugares onde as pessoas lutam para sobreviver.

Caso a ação que Donald Trump quiser tomar, seja dificultar a vida dos mexicanos, ele estará na verdade ajudando-os a descobrir todo o potencial do Bitcoin para lutar contra as desigualdades dos governos.

E caso você queira minha opinião sobre o muro ou outras ações, principalmente contra os terroristas muçulmanos, são exatamente as medidas que eu faria se fosse o presidente americano.


Comentários

Postagens mais visitadas