E O OSCAR VAI PARA: GARY, O ESTUPRADOR!

O Oscar deste ano já entrou para a história do cinema por duas gafes sensacionais:

1 - O prêmio de melhor filme entregue para o filme errado.

2 - A foto de uma mulher viva na parte que mostram pessoas mortas.


Os organizadores da festa passaram tanto tempo tentando ofender o Presidente Donald Trump que esqueceram de coordenar melhor as coisas. 

Um dos momentos memoráveis da noite, aconteceu quando um bando de turistas entrou sem querer querendo no teatro onde o evento estava ocorrendo. Confesso que foi algo legal mesmo. Uma das poucas coisas boas da noite.

Entre eles estava um sujeito que se apresentou como Gary, de Chicago. 



Aqui a entrada triunfal do grupo no teatro. Repetindo que foi uma das poucas coisas bacanas naquela noite. O primeiro a entrar foi Gary, de Chicago.
Ele até foi casado com sua noiva e quem oficializou o casamento foi ninguém menos que Denzel Washington.
Ele até tirou foto com o Oscar ganho por Maheshala Ali.

Como nos Estados Unidos não existe almoço grátis, o time de basquete Chicago Bulls quis ganhar uma fama e convidou Gary de Chicago, para assistir a um jogo.

E agora o melhor da festa. Alguém divulga no Twitter que apenas dois dias antes de aparecer no Oscar, Gary, de Chicago tinha saido da prisão depois de cumprir 20 anos de pena.
Mas não se preocupem. Gary não ficou na cadeia por 20 anos por estupro. Ele "apenas" tentou estuprar alguém quando era adolescente. Ele ficou esse tempo na cadeia por roubo mesmo. A publicação do facebook a seguir, a qual foi apagada diz exatamente isto. Sua advogada Karen Nash diz que ele passou 20 anos na cadeia pelo roubo de um vidro de perfume de 97 dólares. A sentença de 20 anos foi dada por que na Califórnia existe uma lei de sentenças duras, caso o réu tenha alguma outra sentença. No caso o motivo real da longa sentença foi a tentativa de estupro quando ele ainda era um adolescente.

Esta informação foi dada aos jornais pelo próprio Gary.

De acordo com o Los Angeles Times, Gary Coe é agora um homem mudado que tem com passatempo ajudar jovens com problemas com a justiça. Só que nos Estados Unidos alguém que tentou abusar sexualmente de outra pessoa fica para sempre registrado como Sex Offender (Agressor Sexual).



Bem que agora poderia se juntar Spike Lee, Denzel Washington, Maheshala Ali e Viola Davis e fazer um filme sobre o dia que alguém saiu da cadeia e foi direto para a festa do Oscar.

"Você sabe o que meu filho disse para mim: ele disse que estava orgulhoso de mim. E isto significa o mundo para mim." - Gary Coe 

Comentários

Qual seu grande projeto?

Qual seu grande projeto?

Postagens mais visitadas