A SOMA DE TODOS OS MEDOS





“Pois quando estou com você. Eu sou livre. Eu não me preocupo. Eu acredito. E acima de todos os outros, nos voaremos. Isto traz lágrimas aos meus olhos. O meu sacrifício.”  
Sacrifice – Creed

Victor e os irmãos foram para a casa de Brockton, esperando que Angel não se importasse com um pequeno atraso. Chegando lá tomaram um banho rápido e desceram para o compartimento secreto que ficou conhecido como quartel-general. Angel já estava a postos no telão comandando o mesmo por um computador moderno que tinha ao lado. Victor foi à geladeira e pegou refrigerante para si e também para os irmãos.

- Você quer, Angel?

- Não Victor. Fique à vontade.

- Angel! – Vinny chamou a atenção para a primeira pergunta –  O que importa  tudo isto para você?

- Para você e seu pai, o seu irmão foi morto naquele dia. Certo?

- Para o Lincoln seu pai foi morto naquele dia.

- Certo?– foi Lincoln quem respondeu à pergunta.

- Quantas pessoas vocês pensam que morreram por causa do que aconteceu naquele dia?

- Segundo o governo umas três mil.

- E quantas ainda vão morrer por causa das guerras que o presidente Bush está fazendo?

- Não faço a menor ideia.

Como são destruídos de repente, completamente tomados de pavor! Salmos 73:19


- Milhões delas, Vinicius. Você acha que Deus não se importa com estas pessoas?

- Creio que sim. Senão não mandava um anjo para nos ajudar.

- Eu estou mostrando para vocês algo bem espiritual. Foi planejado e executado por seres espirituais. E teve a participação em todos os instantes de seres espirituais. Tanto seres humanos, quanto anjos e demônios.

- Como assim? Anjos? – Victor parecia incrédulo com aquela afirmação.

- Vocês não acham que um negócio daquele tamanho foi arquitetado por míseros seres humanos. Acham?

- Se você está dizendo – emendou Lincoln – quem somos nós para desmentir!

Quem quiser amar a vida e ver dias felizes, guarde a sua língua do mal e os seus lábios da falsidade.  1 Pedro 3:10

Angel mostrou uma foto da construção do WTC. O telão tinha três metros por um e meio e isto dava a impressão de que as coisas mostradas fossem enormes.

- Esta foto foi tirada quando as torres estavam sendo construídas. O que vocês pensam que são estas coisas aqui. – apontou para algo parecendo colunas de ferro.

- Aparentemente são as colunas dos prédios.

- Isto mesmo, Link Dorsey. Eram quarenta e sete colunas desta com aço e concreto. E elas eram entrelaçadas entres si. Ou seja, havia outras vigas de aço ligando uma coluna à outra. E isto de cima até em baixo. Advinha o que aconteceu com isto tudo em menos de dez segundos?

- Virou entulho.

-Pior que não, Vinny. Eu estava lá no momento exato em que uma delas caiu. Ela simplesmente virou pó. Certo Angel?

Prédio 7 - World Trade Center

- Por mágica um avião bateu em um prédio de 415 metros e o calor do combustível queimando fez o prédio inteiro desabar. E não sobrou absolutamente nada. Nem ferro, nem cadeira, em computador, nem gente morta. Absolutamente nada. Além do mais as torres tinham 63 metros de uma parede à outra. E por que pedaços delas foram arremessados a até setenta metros de distância? Deveriam simplesmente cair. Vocês não acham?

- Pelo menos foi isto que o governo disse. Mas realmente não faz muito sentido.

- Quantas pessoas cabiam num elevador daqueles?

- Eu acho que entraram umas cinquenta, quando eu e meu pai fomos ao segundo andar.

- E você acha normal um elevador daquele tamanho simplesmente desintegrar por causa de um avião?

- Não mesmo.

Os três rapazes pareciam hipnotizados com aquelas fotos e as explicações de Angel.

- Agora veja esta foto prestando bem atenção. O que vocês estão vendo aqui e aqui? – Angel apontou para dois pontos nas fotos.

- Ué. Como assim? – exclamou Vinny – duas mulheres olhando para baixo pelo buraco onde o avião bateu.

- Se os prédios estavam pegando fogo como elas estavam vivas ai?

- Isto meu jovem. É o que o governo não faz questão nenhuma de responder.

- Mas as torres caíram e viraram pó. – Victor continuou – Se não foi por causa dos aviões o que foi então?





Os garotos estavam perplexos com tanta sordidez mostrada ao vivo e a cores. As fotos e vídeos mostradas por Angel eram tão evidentes que não tinha como questionar o que ele estava dizendo.

- Prestem atenção agora nos rostos destas pessoas. O que vocês acham destas fotos?

- Isso ai não pode ser verdade. É montagem de photoshop. Como pode duas pessoas iguais ter nomes e sobrenomes diferentes? E essa moça ai? As fotos dela são cópias de uma foto só. Alguém só mudou a roupa e o cenário. Eu posso fabricar uma dessas de olhos fechados.

- Pois estas pessoas, Lincoln. São as vítimas que o governo diz que morreram naquele dia no World Trade Center.

- Você está dizendo que não morreu ninguém naquele dia?

- Claro que morreu. E muita gente. Mas não as que o governo diz. Estas pessoas foram fabricadas para que todos ficassem comovidos.  Vejam este vídeo.


Falsa vítima do WTC


Angel mostrou o vídeo de um prédio em chamas.  Antonio Mora da ABC NEWS afirmava na reportagem que o prédio queimou por dezenove horas seguidas sem nunca ter caído.

- Quanto tempo depois dos tais aviões as torres caíram?

- A que meu pai estava caiu uma hora depois do avião.

- Mas o que importa saber é o seguinte. Como um prédio caiu por causa do fogo depois de uma hora e outro passa 19 horas queimando sem cair?

- A que queimou por dezenove horas era feito de adamantium. Eu acho.



- Você como sempre engraçadinho Link. Mas ela era feita da mesma estrutura do WTC. Somente 3 prédios caíram por causa de fogo: as torres gêmeas e o prédio 7 do World Trade Center. Lembrem-se que não caiu nenhum avião nele. Um prédio de cento e oitenta e seis metros desabou em míseros 6.2 segundos. E advinha o que foi feito com o pouco que sobrou das torres assim que elas caíram?

- Chamaram o Adam Rodrigues do CSI Miami para investigar?

- Acho que o senhor Rodrigues estava ocupado gravando outro programa. Pois o que fizeram foi vender tudo o que sobrou e embarcar rapidinho para a China.

- Mas isto não é crime?

- Claro que é Vinicius. Um crime metodicamente planejado. O governo simplesmente esperou ajuda voluntária para socorrer e investigar o que ocorreu lá.

- Quem vocês acham que ocupavam o prédio 7?

- Não faço a menor ideia. – respondeu Victor.

- Olha a Lista de Schindler: Serviço Secreto Americano, CIA, Serviço de Assunto Internos, Rudolf Giuliani – prefeito de Nova Iorque, Serviço de Segurança e Câmbio, que usava o terceiro andar para estocar quatro mil arquivos referentes a fraudes na bolsa de valores de Wall Street,

- Que tenso. – aquilo tudo parecia demais para a mente de Lincoln.


- Agora prestem atenção nestes dois vídeos da NBC. O primeiro foi apresentado ao vivo. O segundo às onze horas e quarenta e oito minutos. – Angel mostrou então os dois em sequência. – vocês viram algo estranho nas duas reportagens?

- Na primeira não tem avião nenhum. Ninguém nem fala de avião.

- Mas elas parecem ter sido feitas com a mesma câmera.

- É isto mesmo Victor. Ou foi a mesma câmera ou o sujeito estava no mesmo lugar filmando de cima do outro cameraman. Agora vejam estas quatro fotos. São as quatro principais emissoras no país mostrando o acontecimento exatamente às oito horas e cinquenta e nove minutos. Victor até levantou da cadeira sem acreditar no que estava vendo.

- Não pode ser. É a mesma foto. Só muda os símbolos da CBS, NBC, ABC e FOX.

- E se eu disser que seis meses antes do dia 11 de setembro o World Trade Center foi privatizado porque o prédio era um amontoado de salas vazia que nunca funcionou sem o subsidio do governo?

- Então alguém queria realmente se ver livre daquilo?

Lincoln, assim como os irmãos, estava chocado com tais afirmações.

- Pois é, rapazes. Os prédios foram vendidos por três bilhões e duzentos milhões. E advinha a primeira coisa que Larry Silverstein fez assim que comprou os prédios?

- Não tenho a menor ideia.

- Nem eu. – Lincoln e Vinny emendaram em uníssono.

- Ele fez uma apólice de seguros que cobria inclusive o prejuízo causado pelo impacto de dois aviões. Um em cada torre. Este seguro rendeu a eles o dobro do que ele investiu no prédio. E não esqueçam que nenhum avião foi dito ter batido no prédio 7.

- Que prédio 7 é este?

- Um prédio de quarenta e sete andares, quase metade do tamanho das torres gêmeas que caiu misteriosamente no mesmo dia e por causa do fogo e nunca mais foi mostrado em nenhuma emissora de televisão.

- Uma coisa destas é um insulto à inteligência humana.

- O pior é que não é. Não esqueçam que houve testemunhas confirmando o que o governo disse. Beth Ong, comissária de bordo do avião 11 conversou por 23 minutos com os controladores de voo, dos quais somente quatro minutos foram gravados. Em todo o tempo em que ela fala não se ouve nenhum grito de algum passageiro. Ficou todo mundo calado enquanto viam outras pessoas sendo mortas e sabendo que poderiam ser as próximas.

- Eu, que não estava em nenhum daqueles aviões, prometi para mim mesmo que nunca mais entraria num troço daquele. Se estivesse lá gritaria feito um louco.

- Ouçam esta gravação da comissária Madeleine Swenney, do outro avião: "eu vejo água e prédios. Oh, meu Deus!"

- Pelo jeito ela nunca viu Manhattan nem em filmes.

- Engano seu, Vinny. Ela fez aquele voo de Boston para Nova Iorque por pelo menos doze anos.

- Foram mostradas a seguir gravações das redes ABC, CNN e ABC e do canal 7 nas quais testemunhas ao vivo falam de bomba na entrada e no subsolo.

- Agora vamos aos fatos mais interessantes. Quem é responsável pela defesa aérea tanto dos Estados Unidos quanto do Canadá?

- Acho que é um departamento chamado NORAD. Certo?

- Certíssimo Vinicius. E quem comanda o tal NORAD?

- Algum figurão do Pentágono?

- Mais exatamente os generais das forças armadas. O dia onze de setembro de dois mil e um foi o único dia, em todos estes anos, que o NORAD esteve sob o controle direto do vice presidente: Dick Chenney.  E advinha quem foi treinado para tomar o poder em caso de uma guerra atômica? Dick Chenney. Isto desde o governo de Richard Nixon em 1972.

- Santa coincidência, Batman.


- E obviamente         que    todos os      tapes dos controladores de voo daquele dia foram confiscados pela CIA. Em clara violação das leis federais.

- Agora a parte mais asquerosa de todas: onde estava Osama Bin Laden naquele dia. E fazendo o que e com quem?

- A CIA disse que ele estava em uma caverna no Afeganistão.

- Acontece que ele estava em um hospital fazendo hemodiálise, com alguns agentes da CIA protegendo-o. Nos Estados Unidos da América. E o irmão dele também nos Estados Unidos, estava fazendo uma reunião de negócios com o pai do presidente Bush. As empresas American Airline e United Airline lucraram 4 milhões de dólares quando aqueles aviões foram abatidos.

- Mas o que houve realmente ali, Angel? É lógico que você sabe.

- Sei sim, meu rapaz. – Angel olhou fixamente para o rosto de Lincoln Dorsey e afirmou. – Quatro aviões foram desviados de suas rotas e pousaram em uma base militar. Os passageiros de todos eles, que ocupavam menos de vinte por cento dos assentos num dia em que qualquer outro avião no país tinha até oitenta por cento de ocupação, foram passados para um avião de número 93. E este avião foi derrubado por um jato militar americano na Pensilvânia sem que sobrasse nenhum passageiro.

- E os outros aviões? Não ouve nenhum avião nas torres gêmeas ou no pentágono.


- Houve sim. Acho que o pai de vocês já falou sobre os Global Hawks, pilotados por controle remoto. Eles bateram nas torres que logo em seguida foram demolidas por explosivos. E o que é mais importante:  as torres eram ocas. Só havia pessoas no alto da torre e nos primeiros andares. O resto delas foi construído sem andar nenhum e cheio de bombas desde o início. Dá uma olhada nesta foto de quando elas foram construídas.

Os rapazes ficaram verdadeiramente assombrados com aquela afirmação. Dois prédios enormes, construídos décadas antes com o simples propósito e deixar o mundo inteiro apavorado.




Lincoln, você lembra do texto de Isaias que você falou para o psicólogo no hospital?

- Lembro sim. Ele falava de rios e riachos e torres caindo.



Angel mostrou então uma edição do The New York Times de 1968 aos garotos. Aquela edição mostrava um anuncio de quase uma página contra as construções das torres gêmeas. E vendo o perigo de aviões baterem nelas por causa de sua altura.

- Então é possível que quem construiu aquilo já soubesse como ela iria acabar?

- Quem as construiu, caro Victor, fez exatamente para elas acabarem do jeito que acabaram e você esquecer completamente o nascimento do Senhor Yeshua:  Veja esta foto de David Rockfeller, que financiou a construção das torres. A revista é do anos de 1967, dois anos antes do início da construção. Veja a hora no relógio dele: 9 horas e 11 minutos. e Na mesma página alguém fazendo propaganda de cigarro no qual tem dois deles em pé um ao lado do outro. Tudo isto foi planejado antes de as torres serem construídas.

- E o que isto tem a ver com o natal?

- Acontece que o Natal é só uma festa na qual vocês comemoram o nascimento de Nimrod, ou Baal, o primeiro ditador mundial que existiu. O nome Nimrod significa Rebelde e Baal significa Senhor. Qual lugar onde existe mais vezes a palavra Senhor?

Lincoln levantou da poltrona meio atordoado. Veio à sua mente uma comemoração de natal ocorrida alguns anos antes, quando conheceu Victor Almeida. Quando terminou a peça teatral, o irmão Curtis, que representou o tirano Herodes, veio à frente e disse: 'Toda esta grande aventura com o bebê na manjedoura ocorreu para que um dia ele morresse por você e por mim. Como foi dito após sua ressurreição: Portanto, que todo o Israel fique certo disto: Este Jesus, a quem vocês crucificaram, Deus o fez Senhor e Cristo."

Lincoln Dorsey, estarrecido, perguntou então a Angel:

- Então, você quer dizer que o verdadeiro nascimento do Senhor Jesus aconteceu no dia 11 de setembro?

Angel respondeu com um sorriso angelical:

- Viu como eu escolhi a pessoa certa naquela noite de Natal? O livro de Apocalipse fala de um acontecimento ocorrido com uma mulher grávida. As indicações que ele dá sobre quando isto aconteceu e a estrela que guiaram os reis do oriente até Jerusalém, atestam que o nascimento do messias prometido por Yahuwa ocorreu no dia 11 de setembro do ano 3 aC. O cristo, que é uma palavra grega que também significa senhor é na verdade Nimrod ou Baal, como você queira chamá-lo.



Só mais uma informação: no dia onze de setembro um furacão da categoria três estava vindo direto para Nova Iorque e iria arrasar a área de três estados vizinhos. Se esse furacão Erin não tivesse sido desviado no último instante, é possível que os ataques nem mesmo tivessem acontecido.



- Amaldiçoados sejam. Que Deus os condene todos ao fogo do inferno. – Lincoln estava realmente furioso com tudo aquilo.

- Que assim seja meu jovem. Que assim seja. – respondeu Angel com toda sua autoridade.


Nos dias que se seguiram, durante a viagem de Victor e Milla, seus filhos tiveram aquelas estranhas palestras sobre outros assuntos intrigantes. Angel os ensinou também a usar as armas que estavam ali. O que felizmente não foi necessário no período em que ainda estiveram nos Estados Unidos.

Quando seus pais e Barbie voltaram falaram do lugar que Lincoln herdou. Como era muito bonito e podiam ganhar muito dinheiro com turistas. Então a família Dorsey resolveu vender o restaurante e morar em Porto de Galinhas. No avião da American Airline, Lincoln Dorsey exigiu ficar ao lado de seu pai e passou todo o tempo da viagem segurando em sua mão. O pavor estava estampado em seu rosto em todos os instantes do voo.


Na chegada da família ao Brasil havia uma euforia nacional porque um time de futebol que até o ano anterior nunca tinha saído da segunda divisão foi campeão brasileiro. O capitão do Divino Futebol Clube, Jorge Tufão Filho, em entrevista aos jornais dedicou o título ao seu grande ídolo e que também já fora campeão, seu pai. O grande craque nacionalmente conhecido como Tufão.

Victor trouxe seus pais para morar com eles. Apesar de a casa ser enorme e seu pai ficando apaixonado com o fato de ser avô, ele preferiu construir uma menor para os dois. Lincoln Dorsey conheceu então a realização de ter uma família completa.


Canção Para Ana

Foi naquele paraíso que ele conheceu uma garota que usava tranças, pela qual apaixonou-se perdidamente e para quem compôs “Canção Para Ana”.  Foi ela quem o convenceu a participar do programa Ídolos. Em sua primeira apresentação o garoto estava tão emocionado que somente após um minuto conseguiu gaguejar seu nome:



Unchained Melody (Melodia Desacorrentada) - Garreth Gates


- Lin, Link, Lincoln Dorsey.

Mas esta é outra história.

Comentários

Qual seu grande projeto?

Qual seu grande projeto?

Postagens mais visitadas