TEMPO DE MATAR

Parte II do romance: NA PRESENÇA DOS MEUS INIMIGOS



SALMO 2

Por que as nações estão tão zangadas?
Por que elas perdem seu tempo com planos fúteis? Os reis da terra se preparam para a batalha;
Os governantes conspiram juntos contra
Javé e contra o seu ungido.
“Vamos quebrar nossas correntes”, eles gritam, “e nos libertar da escravidão de Deus.”
Mas aquele que governa os céus gargalha. Javé zomba deles.
Então em sua ira ele os repreende, apavorando-os com fúria feroz.








“O mundo é um lugar ruim. O mundo é um lugar mau. Um lugar terrível para viver. Mas eu não quero morrer”. 



 Reflections Of My Life – The Marmalade

À meia noite do dia onze de setembro de dois mil e um iniciou-se o Dia Internacional da Paz da Organização das Nações Unidas. Aquele órgão cujo primeiro orador oficial foi o brasileiro Osvaldo Aranha foi criado após o termino da Segunda Guerra Mundial como objetivo de controlar o impulso humano para a destruição e o horror.

Deus separou a luz da escuridão por meio de um círculo desenhado no mar. Jó 26:10 (NTLH)


A capacidade de um ser humano superar a selvageria e construir algo digno de admiração era representada naquele dia por dois seres que, ao se encontrarem por acaso, trouxeram alegria e contentamento à vida um do outro. Aquele relacionamento foi tão forte, que afetou até a vida de outra pessoa que também passou a fazer parte da família. Por conta dos estudos que estavam um tanto avolumados, Vinny Dorsey achou melhor ficar em Taunton. Mesmo sabendo que viajar com seu pai e seu irmão seria uma aventura e tanto.

Lincoln e Victor eram o retrato perfeito de como o relacionamento entre filho e pai poderia ser algo realmente realizador. Naqueles dias em que estiveram juntos na cidade que nunca dorme felicidade parecia ser a única palavra existente no dicionário.  Coisas simples como visitar uma coleção de armadura de samurais do Japão feudal, ou assistir espetáculos gratuitos em vários lugares da cidade, traziam um deslumbre que eles não faziam ideia de que existia. Mesmo se estivessem naquele lugar fazendo aquelas mesmas coisas sem a companhia um do outro.




Em suas observações costumeiras, eles sempre relacionavam os lugares visitados com filmes que tinham visto juntos, tanto em cinema como no aconchego de seu lar. Ao fazer um pic-nic no Central Park pensaram em qual seria a sensação de Samuel L Jackson e Bruce Willis tentando encher galões de água para evitar um atentado terrorista em Nova Iorque.



- Você já notou como Hollywood adora destruir Nova Iorque? – Disse Link enquanto esperava o ônibus para Manhattan em frente ao Holiday Inn em Newark, cidade vizinha.

- Eles devem ter algum fetiche de ver a população de uma cidade tão populosa vivendo apavorada. Geralmente quando as pessoas sentem-se frágeis entregam facilmente sua liberdade para salvadores mal intencionados.



Ao entrar no ônibus 2525, o qual era dirigido por uma mulher um tanto esquisita, Victor falou em português com seu filho. Esperando que nenhum dos outros passageiros fosse um dos inúmeros brasileiros que estavam na cidade para o Brazilian Day:

- Você acha que antes de voltarmos para casa vamos ver a Sandra Bullock dirigindo um ônibus? As mulheres que vimos até agora mais parecem com o Schwarzenegger.

Os filhos de Deus viram as filhas dos homens, que eram bonitas; E tomaram para si esposas de todos os que escolheram. Gênesis 6: 2


Lincoln que já estava mais do que acostumado com o humor negro do pai, emendou:
Pelo menos o ônibus não está desgovernado, nem tem um havaiano doido em um Jaguar sem porta dizendo que tem uma bomba nele.

Após a costumeira risada que se seguia a estas observações, o pai falou ainda com um tom de ironia.

As armas do nosso combate não são humanas; são armas de Deus, poderosas para a destruição das fortalezas contra Deus. 2 Coríntios 10:4


- O pior é que essa paranoia destruidora parece ser contagiosa. Imagina que ontem recebi um telefonema muito estranho. Uma moça chamada Milla ligou dizendo que é tia de seu irmão, que nós estávamos em perigo e deveríamos sair de Nova Iorque imediatamente. O tom de voz dela era um tanto apreensivo e ela disse para, de modo algum, irmos de avião para lugar nenhum.

- Você conseguiu falar com o Vinny sobre ela?

- Não. Desde ontem tento ligar para ele e as ligações caem na caixa postal. Liguei para nossa casa também, mas ninguém atendeu e ontem e hoje são as folgas dele no restaurante.

- Mas o que a tal de Milla falou?

- Pois é. Ela disse que era secretária do senador Tom Clance, e que o senador a tinha alertado para ficar fora de Nova Iorque e de aviões hoje. Ela tinha ligado pro Vinny e ele deu o número de meu celular para ela.

Tenho os olhos vermelhos de chorar; nas minhas pálpebras pesa a sombra da morte Jó 16:16- 

É o que o senador poderia saber?

- Pelo jeito ele estava querendo denunciar algo sobre uma organização secreta chamada Skull And Bones (caveira e ossos). Pelas declarações que ele deu a um tabloide sensacionalista, pessoas como o presidente Bush e o senador John Karry, da oposição fazem parte dessa tal sociedade secreta desde que eram estudantes na Universidade de Yale.

- Ué. Como assim? Se eles são de partidos opostos?

- Como podem fazer parte de uma mesma organização secreta e trocar segredinhos entre si?

- Pelo que a tia do Vinny disse, o senador pretende denunciar tudo num livro que ele escreveu e que vai ser lançado no final do ano. Segundo ela o livro vai ter o título de: A Soma De Todos Os Medos. O que este tal senador diz que sabe deve ser mesmo uma bomba.

Quando estavam passando perto da Estátua da Liberdade, após passarem por um túnel Victor comentou:


- Lá está a famosa senhorita destruição.  Não sei o que é pior: o Wolverine apanhando da Mística dentro dela, ou o Charlston Heston amaldiçoando todo mundo no final do Planeta dos Macacos.



- Sabe uma coisa engraçada, daddy? Eu li em uma revista que, a senhora liberdade ai foi esculpida tendo como modelo uma prostituta com quem o escultor tinha um caso.

- Então ela representa mesmo a liberdade que o povo quer. Cair na esbornia. Não é engraçado também que o Wolverine, como todo aquele adamantium, adora apanhar de mulher?

- Pelo jeito a igualdade entre os sexos ainda causa algumas brigas.

Ao chegarem ao local conhecido como as torres gêmeas Lincoln ficou espantado com o tamanho daquilo tudo. Como Victor já tinha visitado o local várias vezes em dez anos era algo natural aquele tamanho todo. O World Trade Center (centro de comercio mundial) abriu em quatro de abril de mil novecentos e setenta e três, após oito anos de construção.

Então Satanás levou-o a um alto monte e mostrou-lhe num relance todos os reinos do mundo: Lucas 4:5

Era o sonho de David Rockfeller, diretor do Chase Manhattan Bank, e Nelson Rockfeller, ex-governador de Nova Iorque.

Eles queriam que os prédios fossem batizados com seu sobrenome, mas o prefeito de Nova Iorque insistiu em World Trade Center. Além das duas torres o complexo é formado por mais cinco prédios. Um deles chamado de Prédio 7 é uma miniatura das torres e tem cento e oitenta e nove metros de altura. Na torre sul localiza-se a firma de advocacia Thompson e Brandini cujo dono era o advogado mais famoso da cidade: John Grisham.



Uma coisa que intrigou os dois antes de chegar lá, foi um cartaz enorme, em um prédio próximo dali, com o agente Jack Bauer, da série 24 horas, no qual se podia ler: “esteja preparado para uma temporada inesquecível”. Lincoln que era fã incondicional do personagem perguntou ao pai:

- E ai daddy. O Jack Bauer já torturou um presidente para conseguir as provas que queria. O que você acha que ele está armando desta vez?

- Não faço a menor ideia, Link. Mas certamente vai ser algo que vai deixar todos de queixo caído e sem acreditar que seja verdade.

Apesar de a firma ser localizada ao lado da luxuosa agencia da Western Union, firma de transações financeira predileta dos brasileiros que enviavam seus dólares para o Brasil e também de uma enorme academia de ginástica era um espaço bem modesto. Em nada se comparava aos lugares luxuosos com quatro ou cinco andares que Victor tantas vezes lera em livros como: O Rei das Fraudes ou O Dossiê Pelicano. Ao saudar o doutor Grisham, Victor avistou ao lado da secretaria deste um fotocopiadora bem simples. Imaginou então se aquela máquina seria capaz de reproduzir em alta velocidade e boa resolução a Enciclopédia Britânica, como os heróis vacilantes de tais livros faziam em dois míseros parágrafos.

A reunião foi bem rápida. O doutor Grisham passou às mãos de Lincoln Holts as escrituras de dois imóveis já registrados em seu nome após a transição da herança. Uma delas era a casa na qual morou até os dez anos de idade, antes de ser expulso pelo senhor Holts. A outra era um sítio registrado com o nome The Quiet Place (O Lugar Tranquilo) em um lugar do Brasil chamado Porto de Galinhas.

- Eu não sabia que aquele velho nojento conhecia o Brasil.

- Mas pelo jeito ele tem bom gosto. O lugar é muito bonito e cheio de estrangeiros fazendo turismo o ano todo. É perto da cidade na qual nasci.

Naquele dia Lincoln estava com uma enxaqueca insuportável e só saiu do hotel por causa do compromisso que acabara de acontecer. Disse então a seu pai que iria passar o dia dormindo.

- Eu vou com você então.

- Você já conhece minhas enxaquecas e sabe que o único remédio para elas é dormir. Não faz o menor sentido você estragar o seu dia. Vá visitar alguma exposição de arte que você gosta tanto. Eu consigo chegar sozinho em Newark. A cidade não é tão longe assim.

- Certo então. Acho que vou dar uma chegada ao alto da torre. Se você encontrar o Silvester Stalone por lá diga que eu mandei um oi.

Sem entender nada, mas já esperando uma das piadas de seu pai Lincoln perguntou:

- Como assim daddy? O que ele poderia estar fazendo por lá?

- É que ele fez um filme que se passa lá chamado COPLAND. Imagina que ele aceitou um salário simbólico, só para ter o prazer de filmar junto com Robert de Niro.

- E eu pensando que o único viciado em cinema era você. Então eles também se paparicam uns aos outros!

Lincoln beijou seu pai, e saiu da Torre Sul às oito horas e quinze minutos. Ao entrar no ônibus achou uma estranha coincidência a altura do mesmo com a data em que estava no dia em que se tornou um feliz fazendeiro. No alto da porta do veículo estava registrado. 9’11”. Por estranha ironia o motorista era um homem e em seu crachá estava escrito Jarry. Mas Lincoln não achou que fosse o amigo do Tom.

ÔNIBUS DA EMPRESA GATRA, CUJA ALTURA É: 9’11”

Chegando ao alto do prédio, Victor foi a um dos mirantes observar a cidade sentindo-se no topo do mundo. Pensou consigo mesmo que todo aquele glamour poderia ser em sua cidade, visto que após serem expulsos de Recife, os holandeses compraram uma pequena ilha chamada Manhattan.

Ao avistar o prédio da Organização das Nações Unidas, ele chegou a ter pena de John Rockfeller que doou um pedaço de terra tão valioso, para uma ONG burocrática a qual nunca tinha evitado uma única guerra em todos os seus anos de existência.

Vendo o topo do mundo, imaginou Lúcifer dizendo ao senhor Jesus: “tudo isto te darei se ajoelhado me adorares”. Quando estava nestas divagações o celular tocou e ele ficou exultante ao ver que o número ligado era o de seu outro filho, Vinny. O sorriso que se abriu em seu rosto desfez-se rapidamente quando ele percebeu a apreensão na voz do garoto.

Assassinam viúvas, imigrantes, órfãos. E dizem: Yavé não há-de ver nada. O Deus de não repara nestas coisas! Salmos 94:5,6

Celular - Kim Basinger e Chris Evans


- Oi daddy. Eu estava dormindo quando ouvi um barulho na cozinha. Eu acho que tem alguém aqui. Eu estou apavorado, daddy. Me ajude.

Victor que sempre teve que manter a calma, ao negociar com gente nervosa no trabalho que teve na CELPE, tentou acalmar o filho.

- Fique calmo, meu querido. Em que parte da casa você está?

- Eu estava vendo um filme, quando ouvi barulho em cima. O pior é que quando cheguei, tranquei todas as portas da casa com chave e a deixei em seu quarto. Então não tem como eu sair pela porta daqui de baixo lá para fora.
Antes por te amarmos, Yavé,enfrentamos ameaças de morte dia após dia. Somos como ovelhas esperando a matança. Salmos 44:22
Apesar do medo, a voz do menino estava claramente menos tensa ao conversar com seu pai.

- Meu filho. Preste bem atenção ao que eu vou dizer e faça com calma tudo o que eu falar.  Embaixo da mesa de sinuca tem uma gaveta que só dá para ver lá de baixo. Ela só abre por lá também. Veja se você consegue achar. Tem um V bem grande nela.

Devia ser estranho, para aquele povo nos elevadores da torre ver alguém com o terror estampado no rosto conversando com alguém que estava bem longe. O suor escorria do rosto de Victor Dorsey e sua pele branca parecia que iria fazê-lo ficar transparente.

- Achei pai. Tem uma pistola aqui dentro. Eu não sabia que você tinha uma arma em casa.

- Agora você já sabe o motivo de ela estar ai. A arma está carregada. Pegue-a e entre no quarto. Tranque a porta e arraste a cama até a porta. E coloque qualquer coisa que você consiga carregar para cima da cama.

Victor tinha acabado de sair da torre, quando ouviu um barulho ensurdecedor acima de si mesmo. E sentiu uma chuva de entulhos caindo sobre ele. Vinny, que também ouviu o barulho, falou com um tom de terror na voz.

- O que foi isto, Daddy? Você está bem? Ouvi um barulho horrível.

Apesar do choque que levou ao ver a torre pegando fogo, Victor procurou manter-se calmo, pois sabia que seu filho estava em perigo.

- Parece que explodiram uma bomba em uma das torres, filhinho. Mas eu estou bem. E você, como está? Fez o que eu falei?

- Fiz sim pai. Mas quem está aqui está tentando arrombar o quarto. Pai. Eu amo você. – disse Vinny chorando convulsivamente – Se eu não conseguir sair vivo daqui diz pro Link que eu amo ele também. E que sou muito feliz por ele ter dado uma família de verdade para mim.

- Nós também amamos você meu lindo. Mas fica calmo. Pegue a pistola e sente-se encostado na parede bem longe da porta. Aponte a arma para a porta e, quando ela se abrir, aperte o gatilho várias vezes. Ela é automática. Você está entendendo?

- Estou sim, daddy. Mas eu não sei se vou conseguir. Eu amo muito você pai. Não esquece nunca disto.

Victor estava acompanhando uma multidão que corria para longe daquele inferno na torre. Conseguiu encontrar um taxi e dizer para o chofer ir correndo para o Holiday Inn, em Newark. Foi então que ele ouviu outra explosão na torre seguida pelo som, vindo do celular, de vários disparos de uma arma de fogo.



- Vinny, meu filho. Você está ai?
- Aqueles instantes foram de um sofrimento eterno, até Victor ouvir a voz de seu filho.

- Alô. Pai. Você está ai?

- Oi meu querido. Que bom que você está bem. O que aconteceu aí?

- Pai eu matei o sujeito. Ele não me parece um ladrão qualquer. Ele estava com uma foto do Lincoln na mão. Pai eu ouvi outro barulho. Você tem certeza de que está bem?



- Estou sim meu filho. Já estou num taxi saindo de perto deste lugar. Eu vou desligar agora, para tentar encontrar seu irmão. Pegue a pistola, embrulhe em qualquer coisa que não dê para notar que é uma arma, e saia de casa imediatamente. A coisa mais perto de nossa casa é o hotel na rodovia. Daí pra lá é uns 5 milhas. Vá para perto do lago, tenha certeza que não tem ninguém por perto, e jogue o embrulho bem no meio do lago. Não toque em nada que pertença ao morto. Esta é sua casa e é mais que natural suas impressões digitais estarem por todo canto. Pegue nosso carro e seu cartão do banco e vá para Stoughton. Quando chegar lá, hospede-se em algum hotel e compre ingressos para duas sessões de cinema, uma depois da outra. Ou qualquer outra coisa que dê recibo, mesmo que você não use. Fique lá até eu e seu irmão voltarmos pra cidade. Todo o tempo em você estiver lá, procure ir em lugares que dê recibo e guarde todos eles. Eu vou desligar agora para tentar encontrar seu irmão. Eu estou muito orgulhoso de você meu filho. Tente acalmar-se até nos chegarmos. Para qualquer pessoa que perguntar onde você estava no dia de hoje, seja absolutamente quem for, você estava em Stoughton e não faz ideia do que aconteceu ai.


O anjo do Senhor apareceu-lhe e disse: "Poderoso herói, o Senhor está contigo!" Juízes 6:12
Pai - Fabio Junior


- Obrigado pai. Você é meu herói.

Enquanto isto, o senhor George Walker Bush declarava em rede de televisão mundial sobre o avião que ele viu batendo na Torre Norte do World Trade Center. Ele foi o único ser vivo, em todas as nove galáxias conhecidas, a presenciar tal fato. Nem mesmo o senhor Spock, do planeta Vulcano, com sua lógica inquestionável. Ou o industrial bilionário Tony Stark, conhecido por sua incrível capacidade de prever o impossível com sua argúcia. Ou o mago adolescente Harry Potter, com sua inerrável clarividência foram capazes de ter tal vislumbre da realidade.

Ao chegar ao Holiday Inn, Victor ia em direção ao quarto em que estava hospedado com Lincoln, quando foi chamado pelo gerente que estava na recepção.

- Bom dia, senhor Dorsey. O senhor está por dentro do que aconteceu em Manhattan?

- Estou sim. Eu estava lá na hora.

- Pois bem. Seu filho chegou aqui no momento em que a TV mostrava o segundo avião batendo na torre. Ele ficou apavorado, pois achou que o senhor poderia estar machucado. Pagou a conta e saiu do hotel com as malas, falando que iria atrás do senhor na Torre Sul.

- Ele não devia ter feito isto. Mas obrigado assim mesmo. Até outro dia.

- Eu é que agradeço. Espero que o senhor encontre seu filho, e que ele esteja em segurança. Aqui tem o meu cartão. Sempre que vier a Nova Iorque me procure. Tenha um bom dia.


Décimo primeiro capítulo do romance NA PRESENÇA DOS MEUS INIMIGOS
Catalogação NA FUNDAÇÃO BIBLIOTECA NACIONAL
NA PRESENÇA DOS MEUS INIMIGOS – AS CRÔNICAS DE VICTOR
DORSEY / VICTOR DORSEY
NÚMERO DE REGISTRO: 595.801 LIVRO: 1.140 FOLHA 325
Nenhuma parte deste romance poderá ser reproduzida ou copiada, constituindo infringimento da lei de copyright.


Comentários

VOLTE SEMPRE

VOLTE SEMPRE

Postagens mais visitadas deste blog

CARTA ABERTA A VITOR RODRIGUES FERRULIA

BITCOIN (MOEDA DIGITAL) - FAZENDO AS PERGUNTAS CORRETAS

CIDADE DE CHICAGO USARÁ A BLOCKCHAIN PARA REGISTRO DE IMÓVEIS