A MÚMIA MOSTRA O NASCIMENTO DO ANTICRISTO



A besta que você viu, era e já não é. Ela está para subir do Abismo e caminha para a perdição. Os habitantes da terra, cujos nomes não foram escritos no livro da vida desde a criação do mundo, ficarão admirados quando virem a besta, porque ela era, agora não é, e entretanto virá. Apocalipse 17:8

Bem-vindo a um novo mundo de deuses e monstros. - Dr Henry Jackyll (Russel Crowe)

Se você quiser saber sobre o que é o filme A Múmia, o termo a ser usado é Programação Preditiva. Programação Preditiva acontece quando um evento mundial é mostrado exaustivamente, por anos a fio, até que o evento é realizado conforme planejado, fazendo com que todos acreditem que ele é algo natural e inesperado. O exemplo mais claro deste tipo de coisa são os "ataques terroristas de 2001". Tudo armado, ensaiado e encenado de modo a trazer o terror para o mundo.

Este é um filme extremamente bem feito, com uma história intrigante e que tem exatamente esta programação preditiva, algo que num futuro não muito distante irá acontecer no mundo real.

E qual é a programação preditiva em um filme de terror com um dos atores mais conhecidos do mundo? O nascimento do anti cristo, ou da besta do apocalipse como você preferir chamar. Tudo neste filme tem um certo tom de realidade e mostra coisas que aconteceram, estão acontecendo ainda hoje, e tem como fim o renascimento do primeiro rebelde mundial: Nimrod, que por acaso já foi mostrado no filme X - Men Apocalipse. Se você assisti os dois filmes, um após o outro, verá que são bem parecidos.

Embaixada Americana no Iraque, construída no local onde era a Babilônia


Quando você assiste um filme que mostra escavações arqueológicas no Iraque, e que é descoberta um ritual de ressurreição de um Deus da antiguidade, não faz a menor ideia que George Walker Bush, ex presidente americano fez exatamente isto. Toda aquela história de armas de destruição em massa foi apenas um desculpa para tomar posse da civilização mais antiga do mundo: Babilonia. Não foi a toa que os Estado Unidos construiu no local exato onde ficava a cidade estado, a maior representação diplomática do mundo. A embaixada americana em Bagda é maior que o Vaticano, só para você ter uma ideia do que é.


Inauguração do arco do deus babilônico Baal em Nova Iorque. Baal ou Nimrod foi o primeiro governante mundial cuja cidade estado era localizada no mesmo Iraque mostrado no filme A Múmia. Em uma cena, o personagem de Russel Crowe, que é o mesmo O Médico E O Monstro no qual é inspirado o Incrível Hulk, diz a Nick que ele deve se submeter ao ritual para combater um mau maior com um mau menor, que será ele mesmo.


O filme mostra então uma múmia de uma mulher condenada no Egito antigo e expulsa do país, mesmo depois de ser enterrada viva num ritual no qual ela é colocada em uma prisão em um abismo. Uma segurança tão grande que até um metal líquido é colocado para assegurar que ela não voltará à vida. A maioria das religiões do mundo antigo, em todas as partes do mundo, esperam, aguardam e farão qualquer coisa para o ressurgimento de Nimrod.



E o que o personagem Nick Morton, interpretado por Tom Cruise, tem a ver com o anti cristo? Ele é o anti cristo reencarnado. Vamos por parte:

Nick é uma abreviação do nome Nícolas, um nome vindo do grego  νίκη (nike) "Vitória" do λαός (laos) "povo". Morton é um anglicanismo, ou seja a forma inglesa do nome egípcio Moisés, que significa: "liberto das água". Em uma cena do filme, Nick Morton resgata Jenny Halsey (Annabelle Wallis) literalmente de um poço profundo de água. Não existe um lugar onde se entenda mas de religião do que Hollywood, e tenha em mente que Tom Cruise é metido com uma das religiões mais controversas do mundo, chamada de cientologia. Esta religião tem como ponto fundamental a busca pela imortalidade.

Nick é assim uma imitação de Moisés, que libertou o povo de Israel, das mãos do Faraó, rei do Egito. A assim como Moisés, ele tem de libertar Jenny das garras da Ahmanet, uma deusa egípcia que é mostrada sempre carregado papiros com escritos ocultos. Ele é um sujeito com uma personalidade um tanto duvidosa, sendo que é um ladrão e ao mesmo tempo, sacrifica sua própria vida pelo menos duas vezes para salvar a vida de uma pessoa inocente.

Rapaz americano noticia que um médico vai vender sangue de adolescente para pessoas idosas, por 8 mil dólares, conta envelhecimento. Em outro vídeo um cristão americano chamado Rob Skiba afirma que a marca da Besta será o sangue do Anti Cristo.


Ahmanet, a personagem do filme carrega este conhecimento tatuado em sua própria pele. Na religião egípcia da antiguidade ela é mostrada como uma deusa andrógina que não necessita de um macho para dar à luz. E o que ela quer trazer à luz, acontece no filme quando Nick se mapa e é ressuscitado por ela.

Todas as manifestações de Nimrod, nas religiões de ocultismo da antiguidade têm algum tipo de ferida mortal que é curada. E é isto que acontece com Nick Morton. Ele ressurge dos mortos com sua personalidade ambígua de ladrão bonzinho e ao mesmo tempo sendo possuído por uma entidade que ele ainda não sabe o que é e que tem de dominar. E é exatamente alguém assim que chegará em breve ao mundo, será morto e ressuscitado por forças do abismo sem fim e será aceito pelo mundo inteiro como seu salvador. Alguns estudiosos destas profecias auto cumpríveis afirmam que este anti cristo já está vido, será morto e ressuscitado e atende pelo nome de Barack Hussein Obama.

Confira. tudo que respira conspira.

Comentários

VOLTE SEMPRE

VOLTE SEMPRE

Postagens mais visitadas deste blog

CARTA ABERTA A VITOR RODRIGUES FERRULIA

BITCOIN (MOEDA DIGITAL) - FAZENDO AS PERGUNTAS CORRETAS

CIDADE DE CHICAGO USARÁ A BLOCKCHAIN PARA REGISTRO DE IMÓVEIS