A PERVERSÃO DE UMA MULHER PRENDEU UM HOMEM INOCENTE POR 7 ANOS


‘Maldito quem aceitar pagamento para matar um inocente’.
    Todo o povo dirá: ‘Amém!’ - Deuteronômio 27:25


Quando eu morava nos Estados Unidos, ouvi certa vez uma história que achei a mais sórdida de toda minha vida, contada por quem fez o ato: a moça que estava me atendendo disse que, em um momento de raiva, quebrou o telefone na cabeça do esposo, chamou a polícia e ele foi preso por agressão.

Este é o mundo em que vivemos, no qual a palavra de uma pessoa sem carater é tida como verdade absoluta, simplesmente pelo fato de ela ser mulher. Lembre-se da vadia que tentou enlamear a vida pública do pastor e deputado Marco Feliciano, acusando-o de estupro.

Esta história, entretanto, é de pura perversão. É de um cujo caráter só pode ter sido aprendido com o demônio em pessoa. Jemma Beale, 25, de Southwark, Inglaterra está sendo processada por perjúrio e falsa acusação de crimes. Ela que é lésbica, outra categoria que tem atestado prévio de santidade, fez acusação de estupro contra 15 homens diferentes. Sendo que um deles, Mahad Cassim,  passou 7 anos preso, baseado somente na palavra dela e nada mais. E agora está provado que ele é inocente.

Eu só fico imaginando este tipo de pervertida, diante do Senhor Yeshua, tentado explicar seu comportamento. 

Comentários

VOLTE SEMPRE

VOLTE SEMPRE

Postagens mais visitadas deste blog

CARTA ABERTA A VITOR RODRIGUES FERRULIA

BITCOIN (MOEDA DIGITAL) - FAZENDO AS PERGUNTAS CORRETAS

CIDADE DE CHICAGO USARÁ A BLOCKCHAIN PARA REGISTRO DE IMÓVEIS