A VIDA DOS OUTROS



Perdão é uma virtude dos bravos. - Indira Gandhi (Ex Primeira Ministra da Índia)
Pois desde a criação do mundo os atributos invisíveis de Deus, seu eterno poder e sua natureza divina, têm sido vistos claramente, sendo compreendidos por meio das coisas criadas, de forma que tais homens são indesculpáveis. Romanos 1:20

Sempre que eu lia este texto da Bíblia, achava que Deus estava se justificando por ter que mandar seres humanos para o inferno. Algo do tipo, já que eles nunca vão prestar atenção às obras da criação, então nunca irão se arrepender. Isto até ouvir falar sobre terra plana e, principalmente, até assistir o filme alemão A Vida Dos Outros. Ai eu compreendi que o ser humano pode mudar e se tornar aquilo que Deus planejou para ele, sem nunca ter pisado em uma igreja ou sequer ler um mísero texto da Bíblia.

Entenda uma coisa: o ser humano é a obra mais perfeita que Deus criou. Só que, infelizmente, ele tem se transformado em um monstro que prefere defender uma folha de alface ao mesmo tempo que assassina um bebê sem nenhum tipo de dor na consciência.


E o que este filme tem a ver com tudo isto? Ele mostra os dois tipos de seres humanos. Aqueles que têm certeza que o objetivo de maior de suas vida é vigiar, censurar e se necessário destruir a vida dos outros. E os seres humanos normais que pensam que eles têm um propósito maior neste mundo. Uma mensagem a levar aos seus semelhantes.

Tudo começa com um escritor e diretor de teatro, na Alemanha comunista, que leva sua vidinha comum, falando de coisas comuns em suas peças, mesmo sabendo que ele já não diz coisas que fazem alguma diferença. Até o dia em que descobre que sua namorada está transando com um Ministro do Governo, para manter seu posto de atriz privilegiada no país.



O modo como ele sabe daquilo é mostrado com o fato de que sua casa está sendo completamente vigiada por um agente secreto do governo comunista. Todos os espaços de seu apartamento têm uma escuta e, no sótão daquele prédio, este agente tem como único trabalho ouvir e fazer relatórios sobre suas atividades subversivas.

E é a vida deste espião que é completamente mudada exatamente por perceber o quanto sua vida é sem sentido. Quando o escritor descobre que sua namorada está se vendendo, talvez por segurança para continuar atuando, ele não apenas a perdoa. Ele a conforta com um abraço. Enquanto isto o espião tem que pagar uma prostituta com hora marcada para poder ter alguma sensação de intimidade com alguém.

Ele percebe também que aquele escritor tem amigos verdadeiros e um propósito na vida, enquanto ele é somente escravo de uma máquina invisível chamada Estado. E este perceber que existe algo diferente daquele pequeno mundinho, vai aos poucos mudando sua vida. E o começo de tudo é com um menino de uns 5 anos que entra no mesmo elevador que ele. O garoto pergunta se ele é mesmo da polícia secreta e ele pergunta se o garoto sabe o que é a polícia secreta. A resposta simples: Sim. "Eles são homens maus que colocam pessoas na prisão, diz meu pai." A primeira reação dele é querer perguntar o nome do pai do garoto. Ele entretanto, muda de ideia, e pergunta o nome da bola." O menino até pensa que ele está ficando doido achando que uma bola tem nome. Na verdade ele não quer fazer mau a mais uma vida. Ele não quer ser aquele homem mau.





Every Breath You Take - Robert Downey Jr e Sting
O Hino do Estado Totalitário

Cada vez que você respira
Cada movimento que você faz
Cada laço que você rompe
Cada passo que você dá


Eu estarei observando você


Todos os dias
Toda palavra que disser
Todo jogo que você jogar
Toda noite que você ficar


Eu estarei observando você


Oh, você não pode ver?
Você pertence a mim
Como meu pobre coração dói
Com cada passo que você dá

Cada movimento que você faz
Cada promessa quebrada
Cada sorriso falso
Cada reclamação sua

Eu estarei observando você

A vida do escritor também vai mudando e em uma parte do filme, ele e alguns amigos conspiram abertamente contra o governo, escrevendo um artigo sobre o alto número de suicídio no país e o publicando na parte livre da Alemanha. Eles fazem isto com uma máquina de escrever que não é a do escritor. Quando um outro agente do governo tortura a namorada do escritor e através de sua confissão invadem o apartamento e não encontrar a máquina de escrever a qual foi retirada antes por aquele espião.

O filme pula então para o tempo em que o Muro de Berlin cai e aquele escritor confronta um ex agente da polícia secreta sobre por que ele nunca foi vigiado como todos os outros. Ao saber que toda sua vida foi minunciosamente vigiada e relatório sobre ele arquivados, ele acha estranho o fato de que nunca foi preso. Ele então vasculha aqueles arquivos até descobrir que foi protegido pelo agente secreto que inclusive foi o responsável por sumir com a máquina. No último arquivo tem a impressão digital dele com a tinta vermelha com a qual ele escrevia nela. 

Dois anos depois ele escreve um livro chamado: SONATA PARA UM HOMEM BOM. A última cena do filme é aquele agente, que foi reduzido a um mísero entregador de carta, entrando na Livraria Karl Max e lê no livro: dedicado a WGH XX7, em agradecimento.


A Vida Dos Outros - Dublado em Português, completo


Este filme mostra em cada detalhe que existe uma vida que foi planejada por Deus para um ser humano livre, feliz e realizado. E existe uma vida de um escravo estatal que é sempre usado, chantageado, drogado e infeliz. E que não é necessário nenhum discurso religioso para que um ser humano normal veja a diferença entre os dois tipos de vida. Você então não tem desculpas em perceber que um lugar imenso chamado terra foi planejado para abrigar uma vida plena e realizada. E o Estado escravocrata transformou você em um mísero robô, fazendo-o inclusive acreditar que este mundo é só pó de estrela e você é um nada no mundo.

Comentários

Postagens mais visitadas